Publicado em: sáb, ago 29th, 2015

TRATAMENTO E CURA DO CÂNCER: Muito mais simples do que se pensava!

Nota SS: O melhor mesmo é a prevenção, ou seja, não criar um meio propício no corpo para que o câncer se propague. Então uma boa alimentação que não seja muito “ácida”, e sem excessos de glicose, e de tempos em tempos fazer uma limpeza (igual se faz numa casa, que é necessário remover móveis do lugar, etc), com o corpo é quase a mesma coisa, é interessante, usar um final de semana por mês (por exemplo) para fazer um “protocolo de desintoxicação”, e ter sempre um sono reparador. Para aqueles que tem propensão ao câncer devido fator genético, é bom um olhar ainda mais cuidadoso, no sentido da prevenção. E aqueles que já possuem o câncer, olhem e estudem toda esta matéria, e pesquisem mais a respeito, existem vários profissionais da saúde que estão tendo ótimos resultados, documentado em pesquisas de tratamento do câncer, seja por alcalinização do corpo, seja pela dieta cetogênica e baixo consumo de carboidratos ou outros meios mais naturais e menos agressivos que a quimioterapia. É claro, siga a orientação e tratamento do seu médico de confiança, mas se estiver num tratamento um pouco mais agressivo como a quimioterapia, considere todo este estudo, e sua própria pesquisa a respeito para fazer conjuntamente, um tratamento alternativo mais saudável para potencializar e atingir ainda mais rápido a cura.

cancerUma das pesquisas mais interessantes que apareceram nos últimos anos a respeito da dieta cetogênica e low carb tem sido na área de tratamento de câncer. Os resultados são tão promissões que novos remédios “cetônicos” estão sendo fabricados.

Uma dieta cetogência é rica em gorduras, baixa em carboidratos e moderada em proteínas, que foi desenvolvida inicialmente em 1920 no Hospital John Hopkins para tratar a epilepsia. Algumas crianças com convulsões tiveram muito sucesso com a dieta, frequentemente quando os remédios não tiveram sucesso.

Hoje, os princípios da dieta cetogênica, principalmente usando o óleo de coco como a gordura principal estão sendo usando para tratar doenças neurológicas, como Alzheimer, assim como no tratamento de câncer, com sucesso.

CBN: Câncer sem Glicose Morre de Fome, Células Normais Não

Fontehttps://www.youtube.com/watch?v=gPRaMSmw9Y8

 

A motivação principal para desenvolver drogas que imitem o efeito da dieta é porque é considerado “difícil” seguir a dieta. Nós temos toda uma geração agora que é viciada em açúcar e carboidratos refinados, então se cada um puder tomar um remédio ao invés disso, isso é visto como preferencial.

Infelizmente, os princípios da dieta cetogênica já foram de conhecimento comum no passado, como mostra em um clip popular nos anos 60, com o show de Andy Griffith. A torta de maçã da Tia Bee é vista como algo que temos consumir com moderação ou mesmo não consumir, por causa dos perigosos “carboidratos e glicose”, enquanto o bolo de carne é visto como saudável.

Dr Lair Ribeiro , matando o câncer de fome


Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=DOKlM2gFF-w

 Mulher luta contra câncer no cérebro fatal usando dieta cetogênica low carb sem químio

Alix Hayden tem câncer cerebral, mas ao invés de se submeter à cirurgia e quimioterapia, ela está lutando com uma dieta cetogênica, baixa em carboidratos e alta em gordura e tem tido sucesso até então.

Em uma entrevista exclusiva, Hayden discutiu a sua terapia metabólica e como navegar pelo câncer com uma atitude positiva.

Alix, diretora de operações em uma firma de pesquisa bioquímica “Phenomenome Discoveries” em Sasktoon, Canada, foi diagnosticada com câncer cerebral em agosto de 2012.

Ela tem seguido uma dieta cetogênica (que é bem restrita em carboidratos, alta em gordura e moderada em proteína) desde fevereiro de 2013, que segundo o Dr. Dominic D”Agostino, faz com que as células cancerígenas morram de fome.

Alix

Isto ocorre porque as células do nosso organismo podem usar tanto gordura quanto glicose (um carboidratos), mas as células cancerígenas dependem de glicose e não podem sobreviver com os corpos cetônicos. Então, ao limitar os carboidratos – que se transformam em glicose no organismo – nós matamos de fome as células do câncer.

“Quando nós restringimos os carboidratos na nossa dieta, nós podemos prevenir picos de glicose e insulina no sangue, que são pró- inflamatórios”, explicou D’Agostino, que tem um PhD em fisiologia e neurociência.

“A supressão de glicose sanguínea e picos de insulina pode ser muito eficaz quando lidamos com doenças crônicas.”

“Carboidratos são devastadores para o cérebro”

Uma dieta cetogênica já se provou efetiva em produzir uma perda de peso rápida, no tratamento de epilepsia e protegendo a saúde cerebral. O neurologista Dr. David Perlmutter, autor do livro Dieta da Mente, me disse que a dieta cetogênica previne – e em alguns casos reverte – a doença de Alzheimer e ADHD (déficit de atenção e hiperatividade).

Carboidratos são devastadores para o cérebro”, disse o Dr. Perlmutter “Mesmo pequenas elevações no açúcar sanguíneo tem sido demonstradas em aumentar o risco de Alzheimer”.

Dr. Jeff Volek, autor do The Art and Science of Low-Carbohydrate Living – “A Arte e Ciência de Viver com Poucos Carboidratos”, sem tradução no Brasil, me disse que as dietas cetogênicas aceleram a perda de peso, revertem a diabetes tipo 2 e previnem doenças cardíacas e câncer.

“Existem muito poucas pessoas que não podem ser ajudadas por uma dieta cetogênica” – Dr. Volek.

O tumor de Alix não se espalhou

A dieta de Hayden é aproximadamente 65% gordura, 30% proteína e 5% carboidratos. O seu tumor cerebral não ficou menor desde que ela começou a dieta cetogênica, mas também não aumentou – o que é um ótimo sinal.

Alix, que em seus trinta anos, faz um MRI a cada seis meses e está postergando a quimioterapia e radiação, já que seu tumor cerebral foi classificado como de crescimento lento. Hayden criou um blog chamado Greymadder para contar seu processo de recuperação do câncer, o que a tornou um tipo de celebridade de Internet.

Pergunta: Você tem seguido a dieta cetogênica há mais de um ano agora, para tratar o seu câncer. Como você está se sentindo?

Eu me sinto muito bem. Eu experimentei um período de ajuste, cerca de duas semanas quando eu comecei a dieta cetogênica, que me pareceu como se estivesse com gripe. Depois disso, eu fiquei chocada como minha energia retornou rapidamente.

Como sempre tivemos um interesse em saúde e fitness, meu marido e eu ficamos surpresos ao observar as mudanças na minha gordura corporal, ao ver os níveis de cetose mantidos no meu sangue, assim que eu me adaptei à dieta. Depois de sete meses seguindo a dieta, meu marido olhou para mim e disse: “Sabe, eu acho que você está, sem dúvidas, mais saudável do que era há um ano, mesmo considerando o tumor cerebral!”

Pergunta: Por que você decidiu seguir a dieta cetogênica para tratar o seu câncer?

Após seis meses do meu diagnóstico, eu comecei a procurar sobre intervenções ligadas ao estilo de vida. Eu trabalho com pesquisas bioquímicas, em câncer, e por alguns meses após o meu diagnóstico eu me senti como se minha máquina mental estivesse parada.

Eu sei, pelo trabalho na minha empresa, que a dieta e estilo de vida afetam os fatores metabólicos e que esses tem um efeito direto na saúde e nos riscos de saúde. Eu sabia que as intervenções no estilo de vida têm tanto efeito no tratamento e prevenção quanto outras modalidades, só me levou um tempo para fazer algo sobre isso.

Assim que eu comecei a pesquisar online, eu acabei encontrando o trabalho do Dr. Thomas Seyfried, da Universidade de Boston, que pareceu um pregador para o meu coro. Ele publicou um trabalho sobre ocâncer como uma disfunção metabólica e ao ler o trabalho dele, fui levada a ideia de usar a dieta cetogênica para tratar do câncer, particularmente, o câncer cerebral.

Pergunta: Seus médicos tem alguma opinião sobre sua terapia por meio da dieta?

Não. Eu contei a todos os meus médicos, meu oncologista, meu neurocirurgião, meu neurologista, sobre a minha dieta. Eu não pedi ajuda a eles ao adotá-la, eu simplesmente comecei devagar e senti que tinha boas informações o suficiente para tratar disso sozinha. Eu também não estava fazendo nenhum outro tratamento naquela época.

Eu estou em um programa de “espera assistida”, desenhado para monitorar a progressão do tumor, então eu estava em uma posição onde eu não precisava ficar preocupada com os efeitos do tratamento. Um dos meus médicos, quando eu contei o que estava fazendo após alguns meses, disse: “Nós todos podemos nos beneficiar em cortar o açúcar”. Foi essa a extensão da minha conversa com os médicos sobre isso.

Pergunta: Como é um dia típico das suas refeições?

Normalmente, eu começo o meu dia com um bom café da manhã, com um café ou um café gelado suplementado com óleo MCT ou óleo de coco e creme de leite fresco. Junto com isso, eu consumo umas quatro farias de bacon e meio abacate, ou iogurte grego integral.

Eu frequentemente faço um muffin de linhaça que fica pronto rápido no forno, o qual consumo metade como um lanche da manhã. O almoço é tipicamente uma salada com peixe ou frango. Os lanches costumam ser macadâmias ou queijo. O jantar envolve algum tipo de carne, os cortes gordos de preferência, e geralmente dois tipos de vegetais verdes, por exemplo, espinafre salteado e uma salada, com um arroz de couve flor de acompanhamento. Eu faço salteado na manteiga, e no final do dia tomo uma bebida quente com creme ou uma bebida fria contendo mais óleos.

Pergunta: Você me parece tão animada. Como você mantém uma atitude positiva durante estes tempos difíceis?

Eu acredito que eu seja muito sortuda, por ser uma pessoa positiva naturalmente. Minha situação é uma em que este padrão de espera pode continuar (e espero que continue) por um bom tempo, então eu tentei me ajustar para um novo normal e entender que eu não estou “mais doente” do que eu estava há dois anos, eu já tinha o tumor naquela época, eu simplesmente não sabia.

Eu tento não ver isso como uma mudança fundamental da minha identidade como uma mulher de sucesso com uma carreira e uma família querida. Ás vezes eu tento ignorar ou esquecer. Ás vezes funciona melhor brincar sobre isso. Ás vezes é assustador e esmagador e eu tenho que começar tudo de novo.

Pergunta: Você tem algum conselho para outros pacientes com câncer que podem estar considerando a dieta cetogênica?

Eu sempre recomendo que todo mundo faça sua própria pesquisa, e converse com seus médicos e, é claro, considere quanto a mudança na dieta pode afetar os tratamentos vigentes. Existem bons profissionais alimentares que irão ajudar e oferecer conselhos, existem alguns disponíveis online (nos EUA) que se especializam em alimentação para o câncer. É provavelmente mais responsável buscar a ajuda e conselhos de um especialista.

Mas principalmente, eu penso que nos temos que ser responsáveis pelos nossos próprios caminhos na vida, e finalmente, é a sua vida, você deve fazer o que julga ser correto e confiável e não ser desencorajado pelos negativistas. Tomar ação é bom. Tomar controle é bom. Eu posso apenas falar pela minha experiência, mas eu me sinto mais saudável com esta dieta, e isso é bom.

Fonte: http://primalbrasil.com.br/dieta-cetogenica-no-tratamento-do-cancer/

 

A descoberta da Cura do Câncer pelo Dr. Túlio Simoncini

O Dr. Túlio Simoncini, médico italiano descobriu acidentalmente a cura do câncer, apenas por uma simples observação, que sempre junto ao câncer existe uma colônia branca causada por fungos, que a oncologia atual explicava sendo fungos oportunistas ao câncer, porem o Dr. Tulio Simoncini pensou, Será que esse fungo não será o causador dos tumores? Fez um teste simples, tratou apenas o paciente no sentido de eliminar os fungos, e assim o fez com um antifúngico super conhecido o Bicarbonato de sódio.
Para sua surpresa com o desaparecimento das colônias fungicas e eliminação dos fungos, o tumor desapareceu junto em apenas 4 seções aplicando o bicarbonato A 20% com água direto nos tumores. Neste vídeo você verá vários casos reais de pacientes totalmente curados de câncer por ele.
Ele ficou radiante para contar sua descoberta para o mundo, publicou um livro que foi completamente ignorado pela mídia, pois como os poderosos poderiam lucrar com uma coisa tão barata e simples como bicarbonato de sódio, algo que não se pode nem Patentear.
O Dr. Tulio Simoncini então fez um site: www.cancerfungus.com e colocou provas cientificas de sua descoberta com a cura de vários pacientes reais. ELE CUROU O CÂNCER!

MAIS A HISTORIA NÃO TERMINA ASSIM: Ele foi perseguido, pois a cura que ele descobriu não interessa a quem lucra com a venda dos medicamentos mais caros do mundo, os utilizados no tratamento do câncer, existem remédios tão caros que uma equipe de 5 médicos tem que assinar para liberar uma dose ao paciente de hospitais públicos. Essa indústria milionária perseguiu o Dr. Túlio Simoncini tomou sua licença medica e o ameaçou de morte varias vezes, mais parece que ele resolveu enfrentar os poderosos de frente!

O grande problema é que os médicos estudam a vida toda uma teoria sobre o câncer, e vem um médico e descobre acidentalmente que tava tudo errado, deve ser difícil abandonar tudo que se acredita para um método totalmente novo, o importante é que ele descobriu a cura do câncer e a verdade vai aparecer mesmo que demore, pois a Mídia Paga só vai divulgar isso quando não tiver mais como esconder, por isso eu peço aos médicos que deixem sua vaidade de lado e pensem a respeito deste método de cura tão Obvio, Simples, indolor, barato e sem efeitos colaterais. Sei que é importante pra você deitar sua cabeça no travesseiro e dormir bem, sabendo que fez a coisa certa e não a que foi doutrinado a fazer.

Veja 3 vídeos do Dr. Túlio Simoncini a respeito da cura do câncer: Vídeo 01Vídeo 02Vídeo 03

UMA VERDADEIRA AULA ANTI-CÂNCER


Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=iSfGP_WKaIU

 

Dr. Coldwell – Cura do câncer pela alcalinização do sangue


Fontehttps://www.youtube.com/watch?v=Q2L6Wl9utHY

 

Veja também: Losna: Uma erva que mata 98% das células cancerígenas em 16 horas

Veja também: Máfia da Doença: a quimioterapia mata mais do que o câncer, denuncia médico

Veja também: Receitas de dieta Cetogênica

 

Comente com o facebook



Mais abaixo comente sem ter conta no facebook
Exibindo 5 Comentários
Diga o que achas a respeito
  1. Em 1987 minha glicemia estava 202mg/dl,triglicerídeos 345mg/dl,pressão arterial l60mmHgx100mmHg,glicemia 20.2mg/dl e artrose bilateralmente(C-5,C-6,C-7 e D-1),crise aguda de gota Receitaram-me corticoides,estatinas,alopurinol…. Resolvi,por conta própria, não seguir as indicações médicas e comecei alcalinizar o meu organismo com magnésio PA,Cálcio, bicarbonato de sódio e vitamina K2 e reduzi o consumo de CBO. Senti uma melhora considerável nos primeiros meses e hoje aos 63 anos estou com TA 110mmHgx60mmHg,glicemia abaixo de 100mg/dl,triglicerídeos 80mg/dl e correndo 15Km.A alimentação, exercício físico e auto-hemoterapia resolveram os meus problemas. Fico muito orgulhoso de ver médicos famosos, capazes de enfrentar publicamente a máfia da indústria farmacêutica. Infelizmente, no Brasil tem-se uma farmácia em cada esquina e o povo gasta o seu salário iludidos pelas ¨miraculosas¨drogas alopáticas. Parabéns a todos vocês. Muito grato pelas informações, afinal há muito se sabe que células cancerosas tem metabolismo anaeróbico. Obrigado

  2. Valdomiro disse:

    Sim tudo aparentemente bem, mas e as referencias dos alegados estudos e as evidencias examinadas bioquimicamente? As bases bibliográficas para que não fiquemos tão somente no disse me disse? ademais o dr lair embora seja médico é um marqueteiro de mão cheia, e como devem saber o corpo regula a alcalinidade num processo autônomo, se formos beber por exemplo água alcalina ou tomarmos bicarbonato morreremos se isso for por muito tempo seguido, então a coisa não é simplista assim.

  3. Maria disse:

    Informações super importantes, mas não consegui compartilhar no Face.

  4. ouvi varios e li varias reportagen a respeito das curas e achei muito enteressantes pretendo me aprofundar no assunto.

  5. minha filha tem linfoma de Rodgkin.como ajuda-la por favor.

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags html: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Licença Creative Commons
O trabalho Segundo Sol está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-Compartilha-Igual 4.0 Internacional.
A cópia é estimulada desde que seja citada a fonte.

Este blog tem finalidades exclusivamente informativas e exprime as opiniões pessoais e subjetivas do autor.
Este blog não garante a exatidão do conteúdo fornecido nem pode ser considerado responsável por eventuais erros ou inexatidões das informações presentes no blog ou nos links externos. Este blog não é responsável pelos conteúdos inseridos por parte dos internautas na seção "Comentários".
Se em alguma publicação, direitos de autor ou de terceiros forem violados, por favor, contactar com o blog para podermos remover o conteúdo, escrever para: contato@segundo-sol.com informando o link. O conteúdo será prontamente removido.

Liberdade de Expressão
É importante esclarecer que este blog, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal ...
veja mais aqui

Print