Astrônomos localizam galáxia mais distante já encontrada

Nota SS: Descoberta uma galáxia a 13,1 bilhões de anos-luz da Terra, uauuuuu. Só para refrescar a memória, um ano luz, significa um meio de transporte capaz de viajar por 365 dias ininterruptamente na velocidade aproximada de 300 mil km por segundo (você não leu errado). Calculando isso em dias, ou seja, 13,1 multiplicado por 365 dias temos 4781,5 bilhões de dias, e nem vou me atrever a calcular a distância em km, pois não tem calculadora para isso e seria muitos, mas muitos zeros (após transformar o número de dias em segundos, em seguida multiplicar por 300 mil, que é a velocidade da Luz). Confesso que tal descoberta é muito interessante, mas soa uma certa utopia, uma civilização que não consegue nem sair tripulada para um país vizinho e que sequer sabe com precisão assuntos relacionados ao próprio sistema solar. Ou sabem de muita coisa e não nos contam, ou vivem de teorias e possibilidades. Eles Terão que criar um meio de transporte que faça a curvatura espaço/tempo, como se fosse um atalho, pois se depender do translado como fazemos aqui na Terra, isso seria completamente impossível.

farthest-galaxy-_franAstrônomos avistaram a galáxia mais distante já encontrada no universo e ela se parece com uma massa brilhante de estrelas azuis a cerca de 13,1 bilhões de anos-luz da Terra.

A galáxia, chamada EGS-zs8-1, “é um dos objetos mais brilhantes e de maior massa no universo primordial”, de acordo com um comunicado da Universidade de Yale.

Os detalhes da descoberta foram publicados na terça-feira (5) pela revista Astrophysical Journal Letters.

Calcular sua distância exata da Terra foi possível graças a um instrumento chamado MOSFIRE no telescópio de 10 metros de diâmetro no Observatório WM Keck no Havaí, disseram os pesquisadores.

A galáxia já havia sido vislumbrada em imagens dos telescópios espaciais Hubble e Spitzer daNasa, mas sua localização era desconhecida.

Astrônomos de Yale e da Universidade da Califórnia em Santa Cruz disseram que a EGS- zs8-1 ainda está formando estrelas rapidamente, a uma taxa 80 vezes maior que a da nossa galáxia, a Via Láctea.

Fonte: http://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2015/05/astronomos-localizam-galaxia-mais-distante-ja-encontrada.html

Comente com o facebook



Mais abaixo comente sem ter conta no facebook

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags html: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Licença Creative Commons
O trabalho Segundo Sol está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-Compartilha-Igual 4.0 Internacional.
A cópia é estimulada desde que seja citada a fonte.

Este blog tem finalidades exclusivamente informativas e exprime as opiniões pessoais e subjetivas do autor.
Este blog não garante a exatidão do conteúdo fornecido nem pode ser considerado responsável por eventuais erros ou inexatidões das informações presentes no blog ou nos links externos. Este blog não é responsável pelos conteúdos inseridos por parte dos internautas na seção "Comentários".
Se em alguma publicação, direitos de autor ou de terceiros forem violados, por favor, contactar com o blog para podermos remover o conteúdo, escrever para: contato@segundo-sol.com informando o link. O conteúdo será prontamente removido.

Liberdade de Expressão
É importante esclarecer que este blog, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal ...
veja mais aqui

Print