Publicações atualizadas em nossa página do FACEBOOK




Publicações do nosso blog

domingo, 1 de março de 2015

E quem disse que SAL faz mal para a saúde? Sal marinho integral ou Sal rosa do Himalaia faz até a pressão baixar

Nota SS: Não estamos falando desse sal refinado venenoso, que a maioria do brasileiro possui em sua cozinha (sal refinado), existem outros sais mais saudáveis, ricos em micronutrientes. Considere mudar o sal que você consome! Confira a matéria.

sal-rosa-do-himalaia-beneficios-e-como-usar-1
Você já deve ter cansado de ouvir que “sal faz pressão subir”, “sal pode matar”, e etc… Se você é hipertenso então aí as barbaridades são maiores ainda, pois tudo que o profissional de saúde faz é repetir o que ouviu de algum “professor” sobre a necessidade da restrição do sal em sua dieta, pois é ele o causador do aumento da pressão arterial. Mas e porque isto tudo é tão absurdo assim se é o que praticamente todo profissional recomenda?



Simplesmente porque quando estes mesmos fazem esta recomendação, estão fazendo o que já é de praxe na medicina, repetindo “feito papagaio” um ensinamento obsoleto e equivocado por completo, que é ensinado ainda diariamente nas universidades brasileiras. E ao invés destes terem a consciência de que devem sair “das garras” destes ensinamentos e ir atrás das informações corretas, infelizmente o mais fácil é sempre ir nadando com a maré e seguir lamentavelmente sem resolver a vida de ninguém, como é o que enxergamos na medicina atual.Nos tempos antigos, o sal teve literalmente o valor do seu peso em ouro, a ponto dos exploradores Africanos e Europeus negociarem uma onça de sal por uma onça de ouro. Os soldados romanos também eram pagos em sal, daí a palavra moderna “salário” (palavra latina) e as expressões “vale seu sal” (worth his salt) ou “ganhando seu sal” (earning his salt). Longe de ser prejudicial, o sal de qualidade é realmente essencial para a vida, mas tais alegações de malefícios não conseguiram ser provadas de forma decisiva, tanto como os supostos benefícios de uma dieta com baixo teor de sal.


"...A restrição de sal representam uma grave ameaça para a saúde humana". Espera aí, não se assuste, pois não fiquei louco. Estou falando de SAL, e não de cloreto de sódio (NaCl), este antinutriente que você compra e utiliza todos os dias em seus alimentos. E existe uma diferença total nestas duas coisas que escrevi agora. Um sal deveria conter uma gama imensa de nutrientes minerais e servir como suplemento de saúde ao corpo humano. O que acontece é que o sal refinado que nos é vendido só contém dois elementos: sódio e cloreto, que mesmo estes são também essenciais para a vida, uma vez que nossos corpos não podem produzi-los por conta própria.

Conheça a quantidade de sódio dos diferentes tipos de sal


sal
Sal refinado

Especialistas defendem que o sal refinado ou de cozinha deveria ser usado com moderação na preparação dos alimentos e retirado da mesa para evitar a adição a refeições já prontas. “Ele é uma mistura de 60% de cloreto e 40% de sódio, substâncias que, juntas, formam o sal”, explica a nutricionista Roseli Rossi, da clínica Equilíbrio Nutricional, em São Paulo.

1 g de sal refinado = 400 mg de sódio

Sal light

O sal light pode ser uma boa alternativa para controlar melhor a hipertensão. Embora 50% de sua composição seja de cloreto de sódio, 50% são de cloreto de potássio, aponta a nutricionista Sandra da Silva Maria, da clínica Gastro Obeso Center. O que isso significa? O corpo depende de um equilíbrio hídrico regulado por sódio e potássio, sendo o primeiro retentor de líquidos e o segundo diurético. Ingerindo os dois, portanto, o organismo não retém tanta água e, assim, não leva ao aumento da pressão arterial. Ele só não é recomendado a indivíduos com doenças renais, uma vez que o problema leva ao acúmulo de potássio nos rins, o que pode favorecer doenças cardíacas.

1 g de sal light = 197 mg de sódio

Sal grosso

Tradicionalmente usado para temperar carnes, o sal grosso evita o ressecamento dos alimentos justamente por não ter passado pelo processo de refinamento. Ele apresenta a mesma quantidade de sódio do sal de cozinha, portanto.

1 g de sal grosso = 400 mg de sódio

Flor de sal

“Considerado um sal gourmet, a flor de sal costuma estar presente apenas em restaurantes mais requintados”, aponta a nutricionista Sandra. O tempero é obtido na camada superior das salinas antes de serem depositadas no fundo, quando, então, se transformam no sal marinho. A coloração acinzentada se dá devido à presença de areia, mas também é comum o uso de outros elementos para alterar a cor do produto.

1 g de flor de sal = 450 mg de sódio

Sal marinho

De acordo com a nutricionista Roseli, o sal refinado e o marinho são praticamente iguais, contendo mais de 99% de sódio em sua composição. A principal diferença está no formato dos grãos: enquanto o primeiro é refinado para passar pelo buraco do saleiro, o segundo passa por um refinamento mais rústico, resultando em grãos irregulares, mas não tanto quanto os do sal grosso. “Essa particularidade faz com que o sal marinho gere uma ‘explosão de sabor salgado’ na língua”, afirma a nutricionista Roseli. Assim como o sal de mesa, ele pode temperar carnes, aves, peixes, verduras e legumes, realçando o sabor desses alimentos.

1 g de sal marinho = 420 mg de sódio

Sal rosa do Himalaia




Encontrado aos pés do Himalaia, região que há milhões de anos foi banhada pelo mar, o sal do Himalaia é considerado o mais antigo e puro dos sais marinhos. “Ele tem quase metade do sódio encontrado no sal comum e possui mais de 80 minerais, tais como cálcio, magnésio, potássio, cobre e ferro”, afirma a nutricionista Roseli. Por conta disso, os cristais ganham tom rosado e sabor agradável e suave. De acordo com a especialista, ele pode ser usado em carnes, aves, peixes, saladas e legumes, além de cair muito bem na finalização e decoração de alguns pratos.

1 g de sal rosa do Himalaia = 230 mg de sódio

************************


sal-rosa-do-himalaia-beneficios-e-como-usar-3.jpg
Sal Rosa do Himalaia
O alto poder desintoxicante do sal rosa é benéfico para ajudar a eliminar toxinas do corpo, purificar o sangue e regular a produção de óleo pela pele. Além disso, a alta concentração de magnésio, por exemplo, é benéfica para prevenir cãibras e fortalecer os músculos e o sistema imunológico.

Quais os benefícios do Sal do Himalaia? (Nota SS: Incluímos aqui também o Sal Marinho Integral sem o processo de refino e a Flor do Sal)

O sal do Himalaia não sobrecarrega o seu corpo como outros sais fazem. É muito difícil para o seu corpo a absorver muito de cristal de sal, uma vez que existe um metabolismo poderoso e eficaz que regula este processo. Cristais de sal natural sempre promove um equilíbrio saudável e não contribui para a pressão arterial elevada como o sal de mesa comum.

Quando se trata do poder do sal natural, nada se compara à do Sal do Himalaia. Eis o porquê:

– É o mais alto grau de sal natural.
- Ele é extraído com a mão e lavado a mão.
- Este sal está imune a campos eletromagnéticos
- O sal do Himalaia não contém poluentes ambientais.
- Regula o teor de água em todo seu corpo.
- Promove um equilíbrio saudável do pH em suas células, particularmente as células do cérebro.
- Promoção da saúde do nível de açúcar no sangue e ajudando a reduzir os sinais de envelhecimento.
- Absorção de partículas de alimento através de seu trato intestinal.
- Apoia a saúde respiratória.
- Promoção da saúde dos seios.
- Prevenção de cãibras musculares.
- Promover resistência óssea.
- Regula seu sono – que naturalmente promove o sono.
- Apoiar a sua libido.
- Promove a saúde vascular.
- Em conjunto com a água na verdade é essencial para a regulação de sua pressão arterial.

Dica:



O Sal Rosa do Himalaia, tanto o grosso como o triturado, o Sal Marinho Integral não refinado e a Flor do Sal, costuma ter um preço um pouco "salgado" :P
Mas se pensarmos que 1Kg de sal possa durar uns 6 meses ou mais (dependendo do número de pessoas numa residência), não se torna tão caro assim, basta apenas boa vontade para comprá-lo, já que a saúde só tem a agradecer.

Se alguém não puder de jeito nenhum comprá-lo, considera utilizar o sal grosso (sim, esse de churrasco) e batê-lo no processador ou liquidificador, pois sem o processo de refino, ele é muito mais saudável que o refinado e ainda possui uma boa quantidade de nutrientes em sua composição.

Sal integral faz a pressão baixar | Dr Lair Ribeiro


[youtube http://www.youtube.com/watch?v=2jDJq7TqsKo]


Mitos e verdades sobre o sal na gastronomia


[youtube http://www.youtube.com/watch?v=L2bvkUG1UUw]


Fontes:

http://www.bolsademulher.com/medicina-alternativa/2113/sal-rosa-do-himalaia-beneficios-e-como-usar
http://michellebueno.com/beleza/sal-rosa-do-himalaia
http://www.drvictorsorrentino.com.br/e-quem-disse-que-o-sal-faz-mal-a-saude/
http://www.adeiltonmeira.com.br/noticias/conheca-a-quantidade-de-sodio-dos-diferentes-tipos-de-sal/



EmoticonEmoticon