Publicado em: dom, nov 16th, 2014

Lituânia primeiro país do mundo a proibir a venda de bebidas energéticas a menores de 18 anos

A-Verdade-sobre-as-Bebidas-Energéticas-Quanta-Cafeína-uma-Lata-Possui-300x198

O consumo excessivo de bebidas energéticas, especialmente entre os mais jovens, pode acarretar riscos para a saúde. No entanto, boa parte da população desconhece isso. O que dizem os especialistas sobre o abuso destas bebidas?
Neste sábado, a Lituânia anunciou a entrada em vigor de uma lei que proíbe a venda de bebidas energéticas a menores de 18 anos, tornando-se assim o primeiro país do mundo a aplicar esta medida, segundo fontes do Ministério da Saúde do país báltico.
Muitos especialistas apoiam esta decisão.
As bebidas energéticas, que na realidade não ajudam a recuperar os sais minerais após realizar uma atividade física, como dizem certas bebidas que os desportistas consomem, contêm substâncias como cafeína, aminoácidos, carboidratos, vitaminas e, em alguns casos, extratos de plantas medicinais, como ginseng ou guaraná.
“Elas não fornecem energia, mas sim cafeína.”
Uma única lata contém o equivalente a quatro xícaras de café ou dois expressos, indica um artigo publicado no site Eroski Consumer. Isto equivale a quatro latas de Coca-Cola ou a seis xícaras de chá, diz a fonte.
De fato, uma única lata de bebida energética superaria, na maioria dos casos, o que é considerado um consumo moderado de cafeína diário para adultos saudáveis (entre 110 e 300 miligramas).
O perigo de misturá-las com álcool
Um dos maiores riscos destas bebidas é misturá-las com álcool, o que está muito na moda entre as gerações mais jovens.
Segundo advertem os especialistas, combiná-las com bebidas alcoólicas pode provocar efeitos indesejáveis, como alterações cardiovasculares, taquicardia, palpitações ou aumento da pressão arterial, assim como insônia, nervosismo e falta de coordenação motora.
Bebidas com altos níveis de cafeína como Monster Energy e Red Bull representam um risco de morte às pessoas que as bebem?
As bebidas com altos níveis de cafeína como Monster Energy e Red Bull se encontram cada vez mais implicadas em acusações de homicídio culposo porque estas bebidas geralmente contêm níveis de cafeína até 14 vezes mais altos que uma xícara de café, e alguns alegam que estas bebidas podem ocasionar problemas de saúde potencialmente fatais.
A Food and Drug Administration (FDA), aparentemente, vem recebendo mais e mais relatos sobre danos graves e mortes causados pelas bebidas energéticas, incluindo o relato que está circulando agora de uma menina de 14 anos de Maryland, que morreu não muito depois de ter bebido duas latas de Monster Energy em um período de 24 horas. Os pais da menina dizem que as bebidas foram as responsáveis por ativar arritmias cardíacas devido a toxicidade da cafeína, a qual a empresa Monster Energy nega veementemente.
Mas a FDA disse que também tem recebido ao menos cinco relatos de mortes associadas a bebidas energéticas, assim como um ataque do coração, desde 2009. Embora estes números sejam relativamente baixos em comparação com o número de pessoas que morrem a cada ano devido a drogas farmacêuticas aprovadas pela FDA, continua sendo um ponto de preocupação para alguns que temem que as bebidas energéticas sejam perigosas. Até agora, no entanto, não foram identificadas inequivocamente nenhuma relação casual entre as bebidas e os problemas de saúde.
Os críticos das bebidas energéticas atribuem ao nível extremamente alto de cafeína como sendo o principal culpado por sua potencial toxicidade, observando que a menina de Maryland bebeu um total de 480 miligramas de cafeína em duas latas de Monster Energy. Para colocar esta quantidade de cafeína em perspectiva, isto seria o mesmo que tomar aproximadamente 14 latas de 350 ml de Coca-Cola durante o mesmo período de tempo.
Por outro lado, as bebidas energéticas com perfis de ingredientes similares, embora com menos cafeína, têm sido consumidas com segurança em muitos outros países durante muitas décadas, muito antes de se tornarem uma novidade nos EUA. Em cada um desses casos que foram apresentados para exibição nos meios de comunicação até agora, as pessoas que consumiram as bebidas tinham condições preexistentes e outras condições de saúde relacionadas que poderiam ter sido casualmente ligadas ao consumo de bebidas energéticas.
Será que procedem as queixas que as bebidas energéticas são perigosas, ou é possível que todo este alarde dos meios de comunicação seja somente um intento exagerado para aumentar o controle da FDA sobre este segmento particular do setor alimentício? As drogas farmacêuticas aprovadas pela FDA, afinal, matam ao menos 100.000 pessoas a cada ano e têm matado, coletivamente, ao menos 30 milhões de pessoas desde 1998, e nem sequer uma palavra dos meios de comunicação sobre este holocausto social. Estariam por ventura concentradas em bebidas energéticas?

Fonte: http://www.noticiasnaturais.com/2014/11/a-verdade-sobre-as-bebidas-energeticas-quanta-cafeina-uma-lata-possui/#ixzz3JFwTCpqR

Comente com o facebook



Mais abaixo comente sem ter conta no facebook
Exibindo 1 Comentário
Diga o que achas a respeito
  1. Caori Clara Hirashima disse:

    Muito bom pra saude as informações desse site

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags html: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Licença Creative Commons
O trabalho Segundo Sol está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-Compartilha-Igual 4.0 Internacional.
A cópia é estimulada desde que seja citada a fonte.

Este blog tem finalidades exclusivamente informativas e exprime as opiniões pessoais e subjetivas do autor.
Este blog não garante a exatidão do conteúdo fornecido nem pode ser considerado responsável por eventuais erros ou inexatidões das informações presentes no blog ou nos links externos. Este blog não é responsável pelos conteúdos inseridos por parte dos internautas na seção "Comentários".
Se em alguma publicação, direitos de autor ou de terceiros forem violados, por favor, contactar com o blog para podermos remover o conteúdo, escrever para: contato@segundo-sol.com informando o link. O conteúdo será prontamente removido.

Liberdade de Expressão
É importante esclarecer que este blog, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal ...
veja mais aqui

Print