Publicado em: qua, ago 20th, 2014

Morte de 1.100 pinguins intriga cientistas no RS

Fenômeno El Niño, poluição e ação do homem no oceano Atlântico podem influenciar o destino de pinguins que saem da Patagônia em busca de comida

pinguim-colonia-620-size-598

Os pinguins saem da Patagônia em busca de comida e chegam à costa gaúcha pelas correntes marítimas (Jupiterimages/ThinkStock/VEJA)

O número de pinguins encontrados mortos no litoral gaúcho neste ano está chamando a atenção de pesquisadores. Segundo levantamento do Centro de Estudos Costeiros, Limnológicos e Marinhos (Ceclimar) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS ), cerca de 1.100 animais foram encontrados sem vida nas areias do Estado – em um raio de 150 quilômetros – nos últimos três meses.

Os chamados pinguins-de-magalhães encontrados mortos são, em sua maioria, jovens e não possuem manchas de óleo no corpo. Para os especialistas, uma das causas da mortandade é a dificuldade de os animais, ainda imaturos, encontrarem alimentos em alto-mar. Eles deixam os ninhos na Patagônia e pegam carona nas correntes marítimas em direção ao Norte à procura de comida.

É normal que os mais fracos e menos aptos morram. Nesta última temporada, contudo, as mortes aumentaram – só em julho, por exemplo, foram 439 pinguins. A poluição e a ação do homem no Atlântico – que vai desde a presença de sacolas plásticas a redes de pesca em alto-mar – também são fatores a serem levados em conta. Uma questão natural a ser considerada é a ação do El Niño, fenômeno climático que altera as correntes marítimas.

Fonte: http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/em-tres-meses-mais-de-mil-pinguins-morrem-no-rs

Comente com o facebook



Mais abaixo comente sem ter conta no facebook

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags html: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Licença Creative Commons
O trabalho Segundo Sol está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-Compartilha-Igual 4.0 Internacional.
A cópia é estimulada desde que seja citada a fonte.

Este blog tem finalidades exclusivamente informativas e exprime as opiniões pessoais e subjetivas do autor.
Este blog não garante a exatidão do conteúdo fornecido nem pode ser considerado responsável por eventuais erros ou inexatidões das informações presentes no blog ou nos links externos. Este blog não é responsável pelos conteúdos inseridos por parte dos internautas na seção "Comentários".
Se em alguma publicação, direitos de autor ou de terceiros forem violados, por favor, contactar com o blog para podermos remover o conteúdo, escrever para: contato@segundo-sol.com informando o link. O conteúdo será prontamente removido.

Liberdade de Expressão
É importante esclarecer que este blog, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal ...
veja mais aqui

Print