Publicações atualizadas em nossa página do FACEBOOK




Publicações do nosso blog

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Passagem de tufão provoca morte de 17 pessoas no Japão

Fenômeno chegou a atingir capital do país e usina de Fukushima


A passagem de um tufão provocou a morte de dezessete pessoas no Japão, nesta quarta-feira. Outras 50 pessoas estão desaparecidas e cerca de 20 000 tiveram de deixar suas casas.

A área mais atingida pelo tufão Wipha foi a ilha de Izu Oshima, que fica a cerca de 120 quilômetros ao sul da capital, Tóquio. A tempestade desencadeou deslizamentos de terra num trecho de dois quilômetros de serra e provocou inundações. Dezesseis pessoas morreram no local.

Mais de 350 residências foram danificadas ou destruídas na região, incluindo 283 em Izu Oshima Cerca de 8 200 pessoas vivem na ilha.

Em Tóquio, a tempestade chegou a parar alguns serviços ferroviários, mas não provocou maiores estragos. Na capital, apenas uma morte foi registrada: a de uma mulher que caiu em um rio.

A tempestade também não causou maiores estragos ao passar pela usina nuclear de Fukushima, de acordo com a operadora Tokyo Electric Power Corp Tepco). Por precaução, a operadora cancelou todos os trabalhos externos e prendeu o maquinário enquanto a tempestade se aproximava.

Horas depois de atingir a região, o tufão foi rebaixado para tempestade tropical. No auge, chegou a registrar ventos sustentados de 126 quilômetros por hora, com rajadas de até 180 quilômetros.

A agência meteorológica do Japão disse que o Wipha foi o tufão mais forte a se aproximar do leste do país desde outubro de 2004, quando o tufão Ma-on matou sete pessoas ao atingir a região de Kanto, que inclui a área metropolitana de Tóquio e outras sete prefeituras.

(Com agência EFE e Estadão Conteúdo)


EmoticonEmoticon