Publicado em: ter, out 29th, 2013

NASA fotografa erupção solar de 322 mil km e Sol ejeta partículas no espaço

Atualizado em 29/10 – Por William Camargo – A Nasa (Agência Espacial Americana) fotografou uma erupção solar de proporções gigantescas no final de setembro e neste domingo (27), capturou outra imagem de intensa atividade solar à partir do Observatório de Dinâmica Solar da NASA. Segundo a agência, a erupção de setembro tinha 322 mil quilômetros de comprimento, de uma ponta a outra dos filamentos em sua CORONA (Atmosfera Solar).

Tais erupções solares tratam-se emissões de radiação que emergem de forma súbita da superfície do Sol. O efeito é que partículas carregadas, na verdade bilhões de toneladas delas, são ejetadas para o espaço. Tais partículas tem o poder de viajar a grandes velocidades, atingindo o que estiver em seu caminho.

NASA fotografa erupção solar de 322 mil km e Sol ejeta partículas no espaço – Foto Nasa

Então muitos se perguntam até que ponto a Terra corre risco em uma dessas ejeções à partir do Sol? Na realidade, a atmosfera terrestre exerce um importante papel e protege os humanos dessas tempestades. Quando muito intensas, são formadas nos pólos Norte e Sul as bem conhecidas Auroras Boreais. Porém, quando a intensidade é muito grande, pode sim afetar os satélites de comunicação, telefones celulares e convencionais, bem como as redes de energia elétrica. Tais tempestades chamadas de Geomagnéticas, tendem a ficar mais intensa até o final de 2013, pois em média a cada 11 anos o Sol entra no que os cientistas denominam como sendo o Máximo Solar.

Nesse período, grandes erupções solares (Tempestades Solares), acontecem na estrela que podem sim, em algum momento afetar nós aqui na Terra. Segundo a Nasa, a Terra, por possuir um escudo (Atmosfera), protege os humanos contra as radiação que seria prejudicial à saúde e que poderia inclusive nos matar.

Na foto tirada pela NASA (acima), todas as partes que estão na cor vermelha, chegam a uma temperatura de quase 50 mil graus Celsius. As partes escuras chegam a quase 1 milhão de graus Celsius e as amarelas em 555 mil graus Celsius.

A composição solar é de puro plasma. A fricção que acontece no Sol com as partículas de Plasma aquecem os elétrons a tal ponto, que cria um gás se misturando com os campos magnéticos. A Agência Espacial, utiliza a tecnologia de leitura de comprimentos de onda para capturar as diversas formas que o Sol reage em sua superfície.

Segundo a Nasa não há razão para pânico, visto que já há mais de dois anos esperava-se esse Máximo Solar, que como dito acima, sempre aconteceu e com certeza deverá então continuar ocorrendo no ciclo natural de vida do Sol.

Fonte: http://www.folhapaulistana.com.br...


Notícia compartilhada no site: www.segundo-sol.com

Comente com o facebook



Mais abaixo comente sem ter conta no facebook

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags html: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Licença Creative Commons
O trabalho Segundo Sol está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-Compartilha-Igual 4.0 Internacional.
A cópia é estimulada desde que seja citada a fonte.

Este blog tem finalidades exclusivamente informativas e exprime as opiniões pessoais e subjetivas do autor.
Este blog não garante a exatidão do conteúdo fornecido nem pode ser considerado responsável por eventuais erros ou inexatidões das informações presentes no blog ou nos links externos. Este blog não é responsável pelos conteúdos inseridos por parte dos internautas na seção "Comentários".
Se em alguma publicação, direitos de autor ou de terceiros forem violados, por favor, contactar com o blog para podermos remover o conteúdo, escrever para: contato@segundo-sol.com informando o link. O conteúdo será prontamente removido.

Liberdade de Expressão
É importante esclarecer que este blog, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal ...
veja mais aqui

Print