Publicado em: ter, out 29th, 2013

30 mil câmaras vão “vigiar” 16 cidades venezuelanas

A Venezuela e a China assinaram na segunda-feira um acordo para a criação de um sistema de monitorização que passa pela instalação de 30.000 câmaras de videovigilância em 16 cidades venezuelanas, anunciou o Governo local.

O acordo será executado pela empresa chinesa Ceiec no âmbito do novo Sistema Integrado de Monitorização e Assistência (Sima), que deverá estar funcionando nos municípios do leste de Caracas até finais de dezembro, para ajudar a combater a alta criminalidade.

Segundo dados policiais, a Venezuela registou 16.072 assassinatos em 2012.

O ministro das Relações Interiores venezuelano, Miguel Rodríguez Torres, explicou que o Sima visa “dar consistência” ao programa governamental de combate à criminalidade “Grande Missão a Toda Vida Venezuela” e faz parte de uma “aliança para oferecer aos venezuelanos a máxima segurança possível”.

As câmaras, disse, armazenarão 1.000 horas de imagens, permitindo a deteção de pessoas suspeitas de atos criminosos e das zonas e horas em que ocorrem mais delitos.

O Sima terá um centro nacional de comando, controlo e comunicações, sete centros regionais e 32 de caráter municipal ligados a mais de 210 estações policiais comunitárias e apetrechados para processar a informação, responder a situações de emergência e coordenar uma “patrulhagem inteligente” com os organismos de segurança do Estado.

O programa será implementado em três etapas, prevendo-se que esteja concluído entre 2015 e 2016.

A Venezuela e a China têm atualmente em curso 70 projetos de cooperação, que abrangem uma dezena de setores, entre elas a segurança.

A alta criminalidade e insegurança na Venezuela é apontada pelos cidadãos como o principal problema do país, afetando tanto nacionais como estrangeiros.


Notícia compartilhada no site: www.segundo-sol.com

Comente com o facebook



Mais abaixo comente sem ter conta no facebook

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags html: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Licença Creative Commons
O trabalho Segundo Sol está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-Compartilha-Igual 4.0 Internacional.
A cópia é estimulada desde que seja citada a fonte.

Este blog tem finalidades exclusivamente informativas e exprime as opiniões pessoais e subjetivas do autor.
Este blog não garante a exatidão do conteúdo fornecido nem pode ser considerado responsável por eventuais erros ou inexatidões das informações presentes no blog ou nos links externos. Este blog não é responsável pelos conteúdos inseridos por parte dos internautas na seção "Comentários".
Se em alguma publicação, direitos de autor ou de terceiros forem violados, por favor, contactar com o blog para podermos remover o conteúdo, escrever para: contato@segundo-sol.com informando o link. O conteúdo será prontamente removido.

Liberdade de Expressão
É importante esclarecer que este blog, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal ...
veja mais aqui

Print