Publicado em: ter, fev 26th, 2013

México sacrifica milhares de animais por gripe aviária

O contágio de vírus da gripe aviária H7N3 em granjas do México foi controlado após o sacrifício de 519.000 aves produtoras de ovos e 900.000 frangos, anunciou o governo.

As secretarias de Economia e de Agricultura informaram que foram eliminadas 519.000 aves de um universo de 140 milhões de produtoras de ovos, assim como 900.000 frangos, de um total de 300 milhões.

A doença afetou 18 granjas do estado Guanajuato (centro) e está controlada, segundo um comunicado das duas secretarias.

AFP – Agence France-Presse
Publicação: 26/02/2013 15:03 Atualização:


Notícia compartilhada no site: www.segundo-sol.com

Comente com o facebook



Mais abaixo comente sem ter conta no facebook

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags html: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Licença Creative Commons
O trabalho Segundo Sol está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-Compartilha-Igual 4.0 Internacional.
A cópia é estimulada desde que seja citada a fonte.

Este blog tem finalidades exclusivamente informativas e exprime as opiniões pessoais e subjetivas do autor.
Este blog não garante a exatidão do conteúdo fornecido nem pode ser considerado responsável por eventuais erros ou inexatidões das informações presentes no blog ou nos links externos. Este blog não é responsável pelos conteúdos inseridos por parte dos internautas na seção "Comentários".
Se em alguma publicação, direitos de autor ou de terceiros forem violados, por favor, contactar com o blog para podermos remover o conteúdo, escrever para: contato@segundo-sol.com informando o link. O conteúdo será prontamente removido.

Liberdade de Expressão
É importante esclarecer que este blog, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal ...
veja mais aqui

Print