Publicações atualizadas em nossa página do FACEBOOK




Publicações do nosso blog

quarta-feira, 9 de maio de 2012

Anomalia observada nas proximidades de Vênus. Quem será que deve estar chegando?

Nota Segundo Sol: Esta publicação trata-se de uma tradução do artigo publicado no site Starviewer.

Desde o começo de abril, alguns de nossos leitores estão acompanhando Vênus com telescópios e registrando suas observações seguindo as considerações e recomendações que já expusemos em STV20120404 (tutorial de astronomia para todos públicos).

Em alguns casos, estas observações vêm se realizando desde janeiro de 2012. Uma dessas observações chegou a nossa redação e merece ser publicada para ser compartilhada para todos os leitores, já que efetivamente Vênus vem sendo acompanhado desde janeiro de 2012 e neste sentido está servindo como "folha de trabalho" para determinar o alcance da anomalia e aprofundar sobre, o que a simples vista, está sendo observado nas últimas semanas.

Já que atualmente existe um grupo de investigação coordenado por uma Associação de Astronomia independente, temos considerado oportuno colocar em contato com todos aqueles que desejam participar da observação direta desde fenômeno e compartilhar na internet os dados e as folhas do trabalho, para posteriormente compartilhar os resultados da investigação.

Para começar, exporemos o artigo-Folha de Trabalho nº 1

Boa tarde,
Hoje viemos informar sobre uma anomalia que temos descoberto perto de Vênus

Imagem captada por telescópio no dia 05/05/2012 às 22h22, com 50 vezes de aumento, focando a anomalia.

No dia 1º de maio de 2012, de forma casual, descobrirmos "algo" perto de Vênus.

Achava-se que a anomalia podia provir de um reflexo da Lua sobre o telescópio ou sobre a lente, decidimos focar até Marte para comprovar se o telescópio tinha algum problema, porém Marte apareceu bem, sem reflexos, estando a Lua mais perpendicular ao telescópio do que quando foi observado Vênus. Seguindo com a observação decidimos olhar para Saturno com o mesmo resultado, não havia nem rastro do reflexo.

Voltamos enfocar Vênus, onde volta a repetir a observação da anomalia.

No dia seguinte o mesmo procedimento é repetido com resultados idênticos. Primeiro Vênus - visualizamos a anomalia, observamos Marte e Saturno sem nenhum reflexo, e voltamos a Vênus e de novo aparece a anomalia.

Durante mais 3 dias realizaram-se as mesmas observações, com os mesmos resultados.

No dia 05/05/2012 decidimos tentar fotografar o que víamos, e conseguimos a primeira fotografia, enfocando a anomalia e tirando Vênus do foco, demonstrando que não é nenhum reflexo, pois se fosse um reflexo, não poderíamos focalizá-lo.

Procedemos a visualização da fotografia da anomalia com 100x de zoom, mas uma vez isolada a anomalia, uma nuvem não nos permitia fotografar. Perdemos Vênus de vista e não voltamos a ter oportunidade de observá-lo, já que desapareceu no horizonte.

Como dizemos, a anomalia e Vênus tem diferente ponto de enfoque o que nos indica que a anomalia está mais perto ou mais longe que Vênus.

Como sabemos, Vênus não tem satélites orbitando a seu ao redor, então o que é ISSO? Se bem, que haverá quem dirá que algo desse tamanho deveria afetar as órbitas dos planetas, e isso, deveria ser assim com a física que conhecemos, não temos dúvida de que perto de Vênus há ALGO e não sabemos o que pode ser.
Comprovamos que o brilho e a cor que vemos através do telescópio não é a mesma para Vênus e para a anomalia.

Nessa imagem abaixo, temos a anomalia enfocada e Vênus por baixo desenfocado.


Um pouco mais expandido:

Anomalia enfocada um pouco mais de perto com filtro.

Anomalia enfocada um pouco mais de perto sem filtro.


Seleção e ampliação com filtro no negativo da foto:


Dirigimo-nos ao software Stellarium no dia 05/05/2012, às 22:22, no lugar da observação.


Aproximamos a imagem, até ter um campo visual de 5º, e vimos a Alnath/Elnath.


Aproximamos o software no campo visual visível como em um telescópio com uma lente ocular de 20mm, 1º para seguir a visualização de Vênus segundo as especificações técnicas do fabricante:


Portanto é isto o que deveria se ver. Desaparece a estrela, e pudemos comprovar que não era a estrela já que Vênus foi isolado do campo visível da ocular e Elnath/Alnath separadamente. No entanto, seguimos vendo isto:


No dia 07/05/2012, dedicamos cerca de 90 minutos a perseguir Vênus, e a fotografá-lo de novo, e de forma mais clara, continua aparecendo a anomalia.


Aqui vemos Vênus, fotografado com uma câmera digital sem zoom.


Aqui Vênus com câmera montada no telescópio e com zoom ao máximo.
Esta fotografia foi feita com uma câmara digital diferente da do dia 05/05/2012 e em diferente posição da câmera e telescópio.


Hoje se o tempo permitir voltaremos a observar Vênus e tentaremos fotografar de novo a anomalia.

Não descartamos que pudesse ser um reflexo, mas nos estranha, pois, do nosso ponto de vista, um reflexo não deveria ser focado.

Com todos estes dados e a possibilidade de comprovar com vossos olhos o que nós vimos, só resta-nos dizer, tirem suas próprias conclusões.

Para a equipe de Starviewer.

Como se realizaram várias observações nos últimos meses, se procedeu a comprovar as características de Vênus nos últimos 5 meses, para descartar um possível lens flare (reflexo da lente). Utilizamos o Stellarium para isso.


A simples vista, entenderia que ao se aproximar, a magnitude aumentaria, já que como está mais perto, “brilha” mais. Algo que também serviria para a magnitude absoluta e o diâmetro, ao estar mais perto da Terra parece maior e mais brilhante.

 O leitor acrescenta:

Todo o material está disponível para todo aquele que queira fazer tratamento com as imagens, eu chego até onde posso, não sou nem astrônomo profissional, nem fotógrafo, nem físico… só sou uma pessoa normal que se deparou com isto…
Até aqui são os dados do observador que escreveu esta folha de trabalho ao Team.
Evidentemente, as observações implicam visualizar Vênus com um Zoom Digital maior, bem como a anomalia, e efetivamente, descartando o efeito óptico, pudemos ver que tal e como o leitor nos indica, a anomalia está presente:


Pela sombra, pudemos observar que o objeto apresenta fases que são coerentes com as que apresenta Vênus, tal e como se mostra na imagem superior.

Se verificasse a presença de um objeto dessa magnitude nas proximidades de Vênus, tal e como aponta o leitor:
"algo desse tamanho deveria afetar as órbitas dos planetas e isso, com a física que conhecemos, deveria ser assim, não temos dúvida de que perto de Vênus há ALGO e não sabemos o que pode ser."

Pois bem, se algo nessa posição estivesse a perturbar Vênus, teria consequências diretas sobre seu campo gravitacional até o ponto de gerar anomalias orbitais e/ou perturbações no lado esquerdo do espectro visível de Vênus. Em concreto no lado esquerdo.

Para entender a questão, temos que explicar as características de Vênus:

1º.- Duração do dia e ano em Vênus: 243 dias terrestres e seu ano dura somente 225 idas. O dia em Vênus é 1,08 vezes maior que o ano, pelo que na anomalia implicaria a presença permanente de perturbação em seu lado esquerdo, que é o que se apresenta com permanência respeito do evento.

Portanto, deveria apresentar-se algum tipo de anomalia na zona do hemisfério norte próximo às zonas polares, tal e como indica o seguinte esquema:


2º.-A presença dessa anomalia implicaria um clarão não comum no “brilho” e “magnitude” aparente de Vênus. Efetivamente, é relevante, tal e como nos informa a folha de trabalho elaborada pelo leitor que:

A simples vista, entenderia que ao se aproximar, a magnitude aumentaria, já que como está mais perto, “brilha” mais. Algo que também serviria para a magnitude absoluta e o diâmetro, ao estar mais perto Terra parece maior e mais brilhante.

Mas se algo perturba com caráter permanente a órbita de Vênus e posicionalmente poderia fazer que se gerasse uma anomalia que gere uma estranha vibração, apresentaria um estranho efeito “pião” sem “girar” sobre seu eixo, já que a rotação de Vênus é muito lenta, o que ocasionaria um movimento de vibração constante de uns 30º sobre seu eixo, no sentido dos ponteiros do relógio, já que a órbita do planeta é retrógrada.


Se ampliamos o diagrama da anomalia temos:

.-Seguindo esta hipótese, os flashes da “falha” servir-nos-iam de pista para localizar a anomalia sobre a superfície do planeta Vênus.

Se o achado está correto, a “falha” de Vênus, deve-se a uma perturbação provocada pelo objeto analisado nas fotografias.

Decidimos mobilizar várias equipes para conseguir um Zoom de Vênus e com data de 5 de maio pudemos localizar a anomalia nos termos da hipótese que aqui formulamos graças ao trabalho de campo de nosso leitor.

Seguidamente oferecemos as fotos ampliadas da anomalia e um vídeo com Zoom digital de 200 a 700x

Recomendamos que façam o download do vídeo.

Detalhe ampliado da anomalia detectada:

Efetivamente, a posição, seguimento e composição dessa anomalia permitirá indicar-nos o movimento do objeto que perturba a posição de Vênus.

Os interessados em participar no estudo, podem escrever e compartilhar as folhas de trabalho, fotografias, esquemas e rascunhos escrevendo para starviewerteam@gmail.com. Estamos diante de uma inestimável oportunidade de realizar uma incrível descoberta.

Tirem suas próprias conclusões.

StarViewerTeam International 2012.

Enviado por Rosa Muruci
Traduzido por André - Segundo Sol
Fonte: http://starviewer.wordpress.com/2012/05/09/algo-sucede-con-venus-anomalia-y-acciones-de-seguimiento-hoja-de-trabajo-no-i/?blogsub=confirming#blog_subscription-3

30 comentários

wow! É muito técnico, mas pelo que entendi é de parar de respirar. Mas oq tem sido visto aqui em POA para mim tb é. Ontém chamei 2 pessoas para olhar pq eu não acreditava. Pode ser apenas um fenomeno óptico mas é absurdo. Aqui no paralelo 30 estamos enchergando oq 'dizem' ser Vênus parecendo com um pisca-pisca de Natal gigante. Minha irmã brincou dizendo q é um Cassino Cósmico. Gente aquilo emite luz vermelha, verde e branca. Nunca tinha visto estrela alternar dessa forma e até brilhar vermelho e verde junto! Oq é aquilo? Satélite estacionário(existe?)? Efeito óptico? Refração? Eu não tenho tempo para investigar. Mas adoraria a explicação de algum astrônomo. Oq eu vi tem sido visto por outras pessoas e falado até em programa de rádio. Inclusive sobre a luz vermelha. Agora é com vcs. É absurdo! Jacqueline-Porto Alegre

Ontem dia 09/05 eu vi que Venus estava como um pisca pisca, aumentando e diminuindo de tamanho, o que vcs acham que pode ser???

Nos últimos meses tenho sido atraído por este sempre tão brilhante astro, e até o observado com regularidade (a olho nu), pois que ele tem apresentado significativa alteração na sua visibilidade, tornando-se bem maior, e tendo também se mostrado como se tivesse girado 90°, onde sua calda vertical passou para horizontal, pelo menos no final de março e início de abril (depois retornou ao ângulo de costume). Quanto a esta anomalia vista com recursos tecnológicos, certamente que faz muito sentido, até para explicar um pouco deste porquê esta dita estrela d'alva não é mais a mesma. Então, considerando que o aspecto visível do planeta Vênus claramente alterou-se, constatado por qualquer observador, leigo ou não, mesmo sem qualquer artifício técnico, tem-se que esta anomalia encontrada é uma das causas plausíveis, no mínimo. Parabéns pela postagem minuciosa e esclarecedora.

O que posso pensar dessa descoberta?
http://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2012/05/descoberta-de-novo-calendario-maia-desmente-teoria-do-fim-do-mundo.html

Mauricio

Marcus (campinas,sp)
Boa noite a todos,
Permitam dar minha opinião, notei que na foto acima o objeto apontado como anomalia na verdade é Venus (aquele menor em forma de lua crescente é Venus) e não o objeto brilhante (maior). Observem que o objeto maior está emitindo luz, Venus não emite luz. Olhando pelo telescopio dá pra ver nitidamente o objeto em forma de lua crescente.

Maurício

Bem que você poderia aproveitar melhor o espaço de comentários. O que você comentou não tem nada a ver com a publicação.

O que você pode pensar dessa descoberta?
Você pensa o que quiser.

Simples assim!

André

Nesse caso... aguardemos e veremos...

Maurício

Permita-me complementar nosso amigo Marcus,

Vênus não emite luz, amigo, porém reflete, pelo mesmo motivo enxergamos a Lua.

Obrigado,
Maurício

Tenho visto Vênus maior do que de costume, principalmente no que se refere a circularidade. Parece que há algo que deforma ou expande a sua luz alterando a sua forma. Não tenho equipamento para comprovar essa impressão, pois acompanho a olho nu. Creio, porém que tem alguma anomalia alterando a luminosidade de Vênus.
Carlos Gildemar Pontes
acompanhando de Cajazeiras, PB.

É fácil alguém falar
"EU ACHO QUE NÃO É"
"EU ACHO QUE É A LUA"

Mas por quê não utiliza algum equipamento, conhecimento astronômico para observar, procurar saber a localização da Lua naquele momento, etc, etc, etc?

Para quem quiser ler
A Starviwer publicou a "Folha de trabalho II" (espanhol)
http://starviewer.wordpress.com/2012/05/10/anomalia-en-venusseguimiento-hoja-de-trabajo-no-ii/

André

Legal,tomare que seja algo real e ñ reflexo na lente ou a lua,seria bom saber o local de onde foi tirada as fotos e se a mesma anomalia ainda se encontra la nas proximidades de venus.Abraços.

Parece haver aqui uma confusão!Para mim aquilo a que chamam anomalia é Venus. O corpo estranho em forma de gota é o que à de mais parecido com o crop circle que mostra um aumento no diâmetro do sol, engulindo Mercurio e venus e a extinção das espécies do lado direito. Onde apresenta em baixo o que parece a aproximação de um planeta e em cima esta gota em movimento,que talvez seja um buraco negro...

eu andava meio com um pé atrás sobre a estrela anã marrom nossa companheira junto ao sol, estar se aproximando realmente agora no nosso sistema...
mas agora com mais essa prova, parece que realmente está muito perto já, as coisas estão realmente aparecendo nos céu a olho nú...
é gente parece q vem chumbo grosso mesmo por ai...agora é esperar o lendário dia 20 de maio e ver no q vai dar...afffs..já esta ai...sniff...sniff..

Eu acho que estamos perto do fim...

Para os anônimos acima

Estes foram os últimos publicados sem identificação nesta publicação.

Está bem claro nas regrinhas logo acima, que é obrigatório colocar pelo menos o primeiro nome no corpo do comentário se for comentar como anônimo.

André

É dia 20 de Maio já, que tudo acontecerá?
Desculpe, eu não li sobre essa data, gostaria só que me confirmasse.

Obrigado,
Maurício

Muito interessante a matéria, estão todos de parabéns! A respeito do 20 de maio, não creio que seja uma data derradeira, talvez um início dos processos ou algo do gênero. A única coisa que posso afirmar é que daqui a pouco não vai ser possível esconder a existência desse fenômeno mais, todos estaremos vendo o dito cujo a olho nú e durante todo o dia.

Mateus C.

Sua afirmação sobre estarmos logo logo todos vendo o dito cujo se baseia em quê especificamente Mateus ?

Marcelo

A passagem de Venus está marcada para 6 de junho e será visível a olho (com filtro)e pela distância desta anomalia será possível vela na frente do sol em 6/6/12 (fotos serão bem vindas). Deverá então acabar as dúvidas e questionamentos ou..., o caso é aguardar pois o 20/05 vem antes e...Ah!! dúvidas...

André MA:

Fiquei surpreso quando li sobre isso, pois eu e outras pessoas estamos meio desconfiados aqui em Curitiba.

Esse objeto ao lado de Vênus é muito estranho, eu e minha família vimos um objeto muito pequeno cruzando o céu de curitiba num sábado, ele parou no ar e começou a crescer e ficou uma luz muito grande...
Ele ficou no lugar de Vênus, depois começamos a pensar se Vênus poderia cruzar o ceú a luz do dia assim... O objeto voava muito alto.
Depois começamos a ver todos os dias no mesmo horário o "objeto" igual uma estrela cruzando o céu.

Tão abismado fiquei que comprei um telescópio e uma câmera.e pude ver a mesma anomalia publicada neste site. O objeto ao lado de Vênus, não é uma anomalia, pois ele anda pelo céu. Quando aumentei 120X vi que ele tinha formato de PIRAMIDE, tipo um triangulo, outros dias estava com formato de "LUA", "BANANA", etc... Teve um dia que consegui visualizar a superfície do ojeto, é rochosa e tem nuvens em cima, era oq "parecia" pelo menos.

Maurício, só para esclarecer, está previsto um grande alinhamento planetário para o dia 21/12/2012, quando dizem as profecias, que será implantada a 5ºdimensão no planeta Terra ( não me pergunte como ). O que vai acontecer agora no dia 20 de Maio é um grande eclípse solar que parece que também foi profetizado, ai os catastrofistas de plantão já disseram que vai ocorrer um grande terremoto, que vai ser o fim da espécie, etc.. Bom, essas são as notícias, agora realmente é só esperar e ver o que realmente vai ocorrer. Abraços a todos.

Rejane

Grande André!
Só não percebeu as gritantes mudanças na visualização dos corpos celestes, principalmente os planetas observáveis do nosso sistema, quem não costuma olhar para os céus!
É simplesmente absurda a intensidade de luz que alguns planetas estão refletindo, principalmente Vênus, Júpiter e Marte (são os que eu observo com maior frequência), caso consigamos comparar com o que observávamos há apenas pouco tempo atrás...
Como quase ninguém costuma "perder tempo" em observar as coisas que acontecem ao nosso redor é difícil de conversar essas "banalidades" com meus amigos ordinários...
Valeu! Grande abraço!

Estou em Mogi Mirim, São Paulo. Há vários dias tenho observado esse efeito que a Jaqueline de Porto Alegre em 10 de maio de 2012, citou. Realmente é absurdo.. as estrêlas, principalmente as mais próximas do horizonte, piscam em branco, verde e vermelho. Nunca vi isso. Parece árvore de Natal mesmo. Não é nada normal. Se for um efeito ótico da atmosfera, há algo errado com ela. Também gostaria de encontrar uma explicação pra esse fenômeno intrigante...

Desculpem, esqueci de citar meu nome no comentário acima.. Paulo Cesar Bonaldo

Obrigada andré por ter postado o meu comentário e ao Paulo de Mogi Mirim por ter colocado a observação dele. O que é isso? Existe satélite estácionário? (que fica parado ou se movimenta muito devagar) Como é que 'aquilo' consegue alternar cores? Agora por qui (POA) diminuiu de tamanho mas segue brilhando demais e alternando cores de uma maneira absurda. Naquela noite que chamei mais 2 pessoas para observar, minha irmã notou q tinha outra 'estrela' brilhando igual mais para o sul. E realmente esta continua lá. O que é isso? è satélite? Só não dá para acreditar que seja estrela! Jacqueline - Porto Alegre - RS

A tal anomalia é O PRÓPRIO PLANETA VÊNUS REFLETIDO. Ele está exatamente com esse formato, de uma lua minguante. Como Vênus é muito brilhante (e está ainda mais brilhante pela proximidade com a Terra), ele acaba provocando estes artefatos. Se qualquer um aqui tiver um telescópio, recomendo que olhe Venus nos próximos dias com muita atenção. Se possível, coloquem a tampa do telescópio ou diminuam a abertura para reduzir o brilho do planeta, e configurem a câmera para tirar uma foto com um tempo do obturador rápido. A anomalia irá sumir e Vênus deixará de ser essa coisa extremamente brilhante e terá o MESMO FORMATO E TAMANHO dessa tal anomalia. Ass: Fabio A.

Olá Fábio

Respeito sua opinião, mas também tenho a minha:

Esta "anomalia" no qual foi publicada (naquele período), também tinha sito verificada outras pessoas que também entendem de astronomia.
Site: http://starviewer.wordpress.com 

Os astros não são estacionários, talvez então, simplesmente, hoje ela já não é mais vista...

Prefiro sempre deixar uma possibilidade em aberto.

Atenciosamente,
André

Bom eu tirei fotos e gravei esse objeto, realmente não sei se é Vênus pois não sou estudiosa em astronomia, mas uma coisa é certa, o objeto era grande pra caramba, a olho nú era o maior ponto no céu, muito grande mesmo, mas pelo que sei os planetas não "piscam" como estrelas eles emitem um brilho constante, meu pai que estudou astronomia me ensinou a diferença de planetas para estrelas desde pequena e esse ENORME objeto que vi durante quase 3 meses não piscava, tinha um brilho mega intenso! mas uma coisa interessante é que uma vez ele se moveu para o lado contrario a rotação da Terra, o que para um planeta ou estrela seria impossível, pois seguem sempre o mesmo percurso, quando dei zoom nas minhas filmagens, ele se pareceu com um "CUBO" e em alguns angulos um pentagono, parecia algo extradimencional, seria os 3 CUBOS metatrons que um integrante do exercito dos EUA que eu conheço mencionou que estavam vindo em direção a Terra e que chegariam por meados de Setembro??? Ele confirmou que o exercito dos EUA já sabem disso ha algum tempo e aquela preparação toda deles é por isso mesmo... Bom dia 20 já passou sem acontecer grandes coisas é esperar para ver...

Béry's.
O que percebo é apenas que estamos vivenciando uma mudança ciclica natural na história do nosso planeta terra e com o passar do tempo ficará cada vez mais visível aos olhos da humanidade para aqueles que creem que a verdade está lá fora logo, logo estaremos em contato com os seres das Pelêiades,não soubemos administrar o nosso planeta, agora eles tomarão ás redeas e já não era sem tempo.


EmoticonEmoticon