Publicado em: sáb, abr 7th, 2012

Vulcões ativos geram medo, caos e belas imagens

05-04-2012

Puyehue, Chile

Situado na Cordilheira dos Andes, sul do Chile, o vulcão Puyehue entrou em erupção em 4 de junho de 2011 depois de 50 anos de silêncio. Mais de 3.500 moradores foram forçados a sair de suas casas. De acordo com o Serviço Nacional de Geologia e Mineração, a coluna de fumaça atingiu 10 quilômetros de altura. Com o vento, a nuvem se dirigiu a Argentina, deixando cidades como Bariloche cobertas de cinzas. O Rio Grande do Sul também recebeu pequena quantidade delas.

MONTE ETNA, SICÍLIA, ITÁLIA

O vulcão Etna, localizado ao leste da Sicília, na Itália, é considerado o mais ativo do mundo. Só em 2011, ele entrou em erupção 18 vezes — e, até o fechamento desta edição, uma vez em 2012. Nesta foto, tirada na noite de 30 de julho do ano passado, ocorreu o habitual: a cratera mais “acordada”, a sudeste do vulcão, entrou no processo de emitir materiais magmáticos. A lava então escorreu por suas encostas na região desértica. Lado bom: não apresentou perigo à população.

MONTE BULUSAN, FILIPINAS 

A última grande erupção do vulcão Bulusan, na região leste das Filipinas, ocorreu em 20 de fevereiro de 2011. Sua coluna de cinzas e vapor atingiu 3 quilômetros de altura. Segundo o Instituto de Vulcanologia e Sismologia do país, a explosão se prolongou por 19 minutos, com direito a “som estrondoso” que pôde ser ouvido a “10 quilômetros de distância”. Hoje, o vulcão está em atividade baixa (nível 1 de alerta). Em 2010, porém, fez com que mais de 3.000 pessoas abandonassem suas casas.

MONTE BROMO, INDONÉSIA

Por crença religiosa, homens e mulheres escalam as crateras do vulcão Monte Bromo para realizar oferendas ao deus da montanha. Chamada de Yadya Kasadha, a cerimônia serve como uma busca por vida melhor. A foto é da última erupção, ocorrida em 28 de janeiro de 2011. Sua fumaça, de 5,5 quilômetros de altura, causou transtorno nos aeroportos da região.

GRÍMSVÖTN, ISLÂNDIA 

Em maio de 2011, após 7 anos, o vulcão islandês Grímsvötn teve nova erupção. E o resultado impressionou: a fumaça atingiu 11 quilômetros em menos de uma hora. Na época, regiões próximas passaram dias com céu enegrecido e foram achados detritos a 400 quilômetros de distância. Por ser um sistema lacustre-vulcânico, isto é, composto por um vulcão e vários lagos, suas explosões geraram fortes correntes de água.

TUNGARAHUA, EQUADOR 

A cidade equatoriana de Runtun, a 135 quilômetros da capital Quito, terminou 2011 com um festival de rochas e lavas incandescentes. O vulcão teve erupção no fim de novembro e, entre desativações e reativações, parou de expelir o magma no início de dezembro. Localizada numa das portas que se leva à Amazônia, a cidade sofreu com grandes explosões em 1999. Povoados locais tiveram que deixar suas casas e voltar só depois de um ano. Desta vez, isso não foi necessário.


Mensagem Publicada no site: www.segundo-sol.com

Comente com o facebook



Mais abaixo comente sem ter conta no facebook
Exibindo 1 Comentário
Diga o que achas a respeito
  1. Os tempos são chegados, nossa conciência nos julgará por não termos seguido o exemplo do mestre jesus,houvimos a necessidade de melhorar a dois mil anos.

    Pergunta: É suficiente só não fazer o mal?
    Resposta: Não cada um será responsavel pelo bem que deixar de fazer.

    estamos aqui para fazer o bem, só ficar dentro de templo não os ajudará, é preciso agir.

    Muita Paz.
    Rodrigo Soares.
    Espirita

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags html: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Licença Creative Commons
O trabalho Segundo Sol está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-Compartilha-Igual 4.0 Internacional.
A cópia é estimulada desde que seja citada a fonte.

Este blog tem finalidades exclusivamente informativas e exprime as opiniões pessoais e subjetivas do autor.
Este blog não garante a exatidão do conteúdo fornecido nem pode ser considerado responsável por eventuais erros ou inexatidões das informações presentes no blog ou nos links externos. Este blog não é responsável pelos conteúdos inseridos por parte dos internautas na seção "Comentários".
Se em alguma publicação, direitos de autor ou de terceiros forem violados, por favor, contactar com o blog para podermos remover o conteúdo, escrever para: contato@segundo-sol.com informando o link. O conteúdo será prontamente removido.

Liberdade de Expressão
É importante esclarecer que este blog, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal ...
veja mais aqui

Print