Publicações atualizadas em nossa página do FACEBOOK




Publicações do nosso blog

domingo, 4 de setembro de 2011

Fome ameaça matar 750 mil pessoas na Somália em 4 meses

Nairobi - Um total de 750.000 pessoas corre o risco de morrer na Somália nos próximos meses vítimas da fome, que atingiu uma sexta região do país em consequência de uma seca excepcional em todo o Chifre da África, advertiu a ONU

"No total, quatro milhões de pessoas estão em situação crítica na Somália, das quais 750.000 correm o risco de morrer nos próximos quatro meses na ausência de uma resposta adequada em termos de envio de ajuda", alerta um comunicado da Unidade de Análises da ONU para a Segurança Alimentar e a Nutrição (FSNAU, na sigla em inglês).

O balanço anterior da ONU, de julho, mencionava 450.000 pessoas em risco de morte na Somália, que tem uma população estimada de pouco menos de oito milhões.

"Dezenas de milhares de pessoas já morreram, sendo que mais da metade eram crianças", recorda a FSNAU.

"Se o nível atual de resposta (à crise humanitária) continuar, a fome seguirá progredindo nos próximos quatro meses", adverte o organismo das Nações Unidas.


EmoticonEmoticon