Publicações atualizadas em nossa página do FACEBOOK




Publicações do nosso blog

domingo, 31 de dezembro de 2017

Perguntas mais comuns sobre o Segundo Sol (Hercólubus)

Nota: Algumas perguntas foram enviadas por leitores do site, e outras, elaboradas para o esclarecimento coletivo.

(1) O que é o Segundo Sol?
Cada Sol está ligado a outro Sol, que é seu duplo (SEGUNDO SOL) ou seu triplo, e o duplo do nosso Sol chama-se Hercólubus, também chamado por nossos cientistas de Planeta X, Nêmesis, Tyche (alguns usam equivocadamente o termo Nibiru) é o gêmeo solar que volta no plano do eclíptico no qual giram os planetas.

(2) Como é a órbita de um Sistema Solar Binário?
Veja o vídeo desta publicação: Órbita de um sistema solar binário.

(3) Como observado na trajetória um sistema solar binário, em um determinado momento, haverá uma máxima aproximação entre eles (Sol e Segundo Sol), qual é o período que haverá esta aproximação do Segundo Sol com nosso Sol e de quanto em quanto tempo acontece?
De acordo com as projeções e influências que o mesmo está exercendo nos 4 elementos da natureza (TERREMOTOS, VULCÕES, FURACÕES, ENCHENTES, etc), a previsão da máxima aproximação do nosso Sol, e com grandes consequências em nosso Planeta, é ainda este ano.
Hercólubus, de fato, não é um Planeta, é uma estrela (uma estrela sombra, Estrela Anã), que intervém aproximadamente a cada 3.600 anos.

(4) Definição de Estrela Anã segundo Wikipédia:
(*) Estrela Anã (Brown dwarfs):
Uma anã marrom é um corpo de pouca luminosidade que não consegue iniciar a fusão de hidrogênio em seu núcleo. Sendo mais pesada que um planeta, mas não tão maciça quanto uma estrela.
Possuem uma massa superior a 13, mas inferior a 75 vezes a massa de Júpiter. Devido ao processo de degeneração, elas apresentam um tamanho muito próximo de Júpiter e uma luminosidade muito fraca e avermelhada e não marrom como o nome pode erroneamente sugerir. Por causa dessa fraca luminosidade, sua luz se situa na faixa do infravermelho próximo do espectro.
Alcançam temperaturas de aproximadamente 1000 a 3400 K (727 a 3127 celsius). São encontradas em sua maioria em sistemas binários, orbitando estrelas de massa baixa.

(5) Qual o tamanho do Segundo Sol (Hercólubus)?
Para se ter uma ideia do seu tamanho, ele é, aproximadamente, de 3 a 4 vezes maior que Júpiter.


terça-feira, 20 de setembro de 2016

Segundo Sol aparece em Israel - 1 de agosto de 2016




Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=Maf61fCEZgA

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Misterioso ruído atormenta sono de subúrbio nos EUA

Barulho começou há mais de uma semana e autoridades de Oregon não conseguiram distinguir sua origem.
Um ruído metálico e agudo não está deixando os moradores de um subúrbio da cidade dePortland, no noroeste dos Estados Unidos, dormirem.
E, apesar dos esforços da polícia e dos bombeiros – que chegaram a cortar o fornecimento de luz, o sistema de alarme e a rede de gás -, até agora ainda não foi possível identificar a origem do som perturbador.
“É sem dúvidas um barulho insuportável”, disse à rede de TV ABC Dave Nemeyer, chefe do serviço de resgate de Forest Grove, bairro localizado a 40 km do centro de Portland.
“Primeiro, pensamos que era o som dos freios do trem. Mas não havia trilhos por perto. Depois, pensamos que era um vazamento de uma tubulação de gás, mas também não era”, acrescentou.
O barulho é uma mescla de um alarme irritante de incêndio com o de uma flauta mais suave. Começou na semana passada, sobretudo durante a noite, e tem afetado também o comportamento dos animais de estimação.
“O ruído é uma combinação de um tom alto e um ambíguo ponto de origem, o que dificulta a possibilidade de identificar de onde ele está vindo”, disse o engenheiro de áudio Tobin Cooley, que avaliou o caso a pedido da agência de notícias Reuters.
Mistério
Apesar da análise feita por especialistas – e da ajuda dos bombeiros de Forest Grove, que seguem reunindo pistas para achar a origem do barulho -, ninguém sabe muito bem como continuar com a investigação.
“Há uma ordem de prisão para a pessoa que estiver criando um barulho assim, durante a noite, somente para irritar os vizinhos”, disse o capitão da polícia Mike Herbs à imprensa local.
“Mas até o momento não temos informação que nos permita concluir que realmente seja algo premeditado. Continuamos investigando.”
Apesar do estresse e da insônia causados pelo barulho, esta não é a primeira vez que um ruído com tais características atormenta o sono dos habitantes de Forest Grove.
Algumas pessoas que viveram na região disseram a vários veículos da imprensa que décadas atrás haviam escutado o mesmo barulho. E alguns até brincaram dizendo que poderia se tratar de um fenômeno extraterrestre. Mas por enquanto, tudo ainda continua um mistério.

‘Bola de fogo’ explode sobre Atlântico a mil quilômetros da costa do Brasil

O maior meteoro já visto desde o que atingiu a cidade russa de Chelyabinsk há 3 anos entrou na atmosfera da terra sobre o oceano Atlântico – perto do Brasil.
Meteoro que caiu perto da costa brasileira é o maior desde 2013
O evento, que só foi divulgado agora, ocorreu às 11h55 do dia 6 de fevereiro.
Ao queimar-se na atmosfera, a rocha espacial liberou o equivalente a 13 mil toneladas de TNT.
Esse é o evento mais grandioso do gênero desde o ocorrido em Chelyabinsk, em 15 de fevereiro de 2013. O meteoro que atingiu a região liberou 500 mil toneladas de TNT.
Mais de mil pessoas foram feridas na ocasião – a maioria atingidas por estilhaços de vidro de janelas.

Costa brasileira

Já a bola de fogo sobre o Atlântico provavelmente passou despercebida. Ela se desintegrou a cerca de 30 quilômetros sobre a superfície do mar, a 1000 quilômetros da costa brasileira.
A Nasa listou o acontecimento em uma página de internet que relata a ocorrência de meteoros e bolas de fogo.
Cerca de 30 pequenos asteroides (que medem entre 1 e 20 metros) entram na atmosfera da Terra anualmente, segundo pesquisas científicas.
Como a maior parte da superfície terrestre é coberta por água, maioria deles cai nos oceanos e não afeta áreas habitadas.

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Nova camada misteriosa é encontrada no manto da Terra

Estrutura contém enormes quantidades de oxigênio em estado líquido. Pesquisadores tentam agora desvendar origem e possíveis efeitos de formação.

Um grupo internacional de cientistas descobriu uma camada até então desconhecida no manto terrestre. A estimativa é que a camada recém-descoberta concentre cerca de oito a dez vezes mais oxigênio do que a atmosfera da Terra.
“Essa descoberta surgiu como uma grande surpresa para nós e até agora não sabemos o que está acontecendo com esses ‘rios de oxigênio’ nas profundezas do planeta”, diz Elena Bikova, que participou do grupo de pesquisa.
Os cientistas acreditam que esse oxigênio poderia reagir com materiais circundantes e oxidá-los, ou subir para as camadas superiores dentro do manto.
A descoberta foi feita enquanto os pesquisadores estudavam as reações de vários tipos de óxido de ferro, um dos principais componentes das rochas profundas.
Teorias
“Como sabemos, o oxigênio livre na atmosfera é produzido pela fotossíntese das plantas”, diz Innokenty Kantor, pesquisador sênior do departamento de física da Universidade Técnica da Dinamarca.
“Antes do rápido desenvolvimento de bactérias fotossintéticas bilhões de anos atrás, as condições na superfície da Terra estavam mudando, e água do oceano estava repleta de compostos de ferro dissolvidos. Assim que oxigênio livre foi liberado na época, este reagiu imediatamente com ferro reduzido, produzindo sedimentos de óxido de ferro sedimentos, ou, em outras palavras, oxidação, no fundo dos oceanos.”
Segundo Kantor, uma enorme quantidade desses depósitos se formaram após o chamado grande evento de oxigenação (GOE), há cerca de 2,4 bilhões de anos, quando o oxigênio apareceu na atmosfera.
Esses depósitos, que tinham centenas de metros de espessura e quilômetros de comprimento, foram lentamente afundando para o manto. No entanto, milhões de anos mais tarde, algumas partes foram empurradas para a superfície, como é o caso da Anomalia Magnética de Kursk, a bacia do maior minério de ferro no mundo.
Efeitos
Atualmente, os cientistas são capazes de reproduzir em laboratório condições de extrema pressão e alta temperatura usando pequenas prensas com bigornas em miniatura feitas de diamantes e lasers de grande potência.
“O óxido de ferro, Fe2O3, se decompõe parcialmente sob as condições do manto inferior e libera uma enorme quantidade de oxigênio [várias vezes maior que na atmosfera], que deve ser líquido nas condições a que corresponde”, explica Kantor.
Esses fluidos altamente oxidantes que se infiltram no manto poderiam afetar muitos processos geoquímicos, embora o seu papel ainda esteja sendo investigado.
“Algumas das pequenas anomalias da propagação de ondas sísmicas a 1.500-2.000 km de profundidade também poderiam estar relacionadas com a formação de lagos de oxigênio líquido no manto profundo”, conclui o cientista.

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Buraco (Sinkhole) gigante engole praia da Austrália



O sumidouro (Sinkhole, uma enorme cratera) enorme e aterrorizante que engoliu carros, trailer, reboque e barracas em uma praia em Queensland, Austrália, ainda pode estar crescendo e os especialistas não têm idéia de como evitar o fato:
Há uma “possibilidade real” do sinkhole do tamanho (cerca de 10 mil metros quadrados) de um campo de futebol e que em poucos minutos engoliu uma praia, várias barracas, um trailer e assustou muita gente, no estado de Queensland, na Austrália,  ainda estar crescendo e vai causar mais danos catastróficos ao longo da costa.
Tradução, edição e imagens:  thoth3126@protonmail.ch
  • Sinkhole gigante engoliu veículos na praia de Rainbow Beach em Queensland
  • Cerca de 140 pessoas foram forçados a evacuar o local após o buraco gigante se abrir em torno das 11h no Inskip Point
  • Especialistas dizem que há uma “possibilidade real” de que ele irá se expandir e causar mais danos
  • Os Campistas descreveram momentos aterrorizantes em que eles foram forçados a fugir
  • A polícia confirmou que  ninguém foi dado como desaparecido ou ferido pelo fenômeno
  • Um enorme buraco se abriu no mesmo e exato local ainda em 2011
Por Cindy Tran e Lucy Thackray – Daily Mail – Austrália 
O assunto surgiu no domingo com o relato dos turistas lutando para salvar-se quando repentinamente uma cratera com cerca de 150m de comprimento se abriu às 11h no sábado perto de Rainbow Beach, em Queensland.  A causa do sumidouro é atualmente desconhecida e peritos australianos declararam que é a segunda vez em apenas quatro anos, que local entrou em colapso. Um buraco formado em 2011 já havia engolido árvores e muito terreno da praia.
As pessoas são alertadas a evitar a área, pois existe a “possibilidade muito real ‘de que o buraco vai piorar e causar mais absorção da praia e entrar em colapso, disseo policial de parque e vigilância da Vida Selvagem de Queensland Dan Clifton .
Ao todo cerca de 300 pessoas foram evacuadas da região, incluindo várias crianças em idade escolar e um campista que disse à ABC: ‘Soou como um trovão e havia árvores desaparecendo … a praia foi desaparecendo”, O sumidouro se expandiu tão rapidamente no MV Beagle Campground, Inskip Point, que levou apenas alguns minutos para engolir carros, um trailer, reboque, um camping de luxo e várias barracas – mas ninguém ficou ferido.
O buraco surgiu em rápida expansão e era tão monstruoso que levou apenas alguns minutos para engolir um carro, um trailer e reboque sem que ninguém pudesse fazer algo

Os cientistas têm apontado que sumidouros ocorrem regularmente na área e descartam a atividade sísmica recente no sul de Queensland como a causa do fenômeno.
O Engenheiro Geológico Allison Golsby disse à ABC: “Esta área tem uma história em que sumidouros ocorrerem regularmente, é algo a ver com a forma de como os sedimentos são formados e o modo como a água se move através da Terra ao longo de milhões de anos ou milhares de anos. ‘Sinkholes são basicamente essas cavidades próximas à superfície”.
Um campista relembra o momento em que viu a sua nova casa de férias de €$ 150,000 e seu carro desaparecerem na água escura após o sinkhole engolir a terra da superfície, em menos de 30 minutos. “Foi apenas erodindo diante de nossos olhos, apenas foi aumentando de tamanho”, disse ele.
“A água normalmente ficava lá em torno de 15 metros de distância. Você acha que está tudo bem e então de repente a água esta em seu quintal. ‘Em seguida, houve apenas tempo para as pessoas tentarem salvar alguma coisa do local”.
Um homem de férias, Casey Hughes disse à ABC que o sumidouro “soava como um ruído de trovão ‘, uma vez que ele se abriu no parque de campismo perto de Fraser Island.  A campista Melanie Wotherspoon falou sobre o seu calvário em um post no Facebook.
Mais de 100 campistas foram forçados a evacuar o local depois que um enorme sumidouro engoliu vários veículos, trailers, barracas e reboque  
“Nós ainda não podemos acreditar que tudo surgiu tão repentinamente”, disse ela, nas primeiras horas da manhã de domingo. “Foi realmente assustador o quão rápido ele surgiu em nosso local de acampamento e engoliu tudo”. Uma mulher correu gritando através do parque de campismo próximo batendo nos trailers e gritando para as pessoas evacuarem o local.
O Policial Dan Clifton disse que há uma possibilidade do sumidouro poder ficar maior ainda. “Há uma possibilidade real de o buraco poder se expandir com as correntes oceânicas, por isso as pessoas são incitadas a evitar a área, ‘Mr Clifton disse ao TheCourier-Mail.
“Enquanto nós continuamos a avaliar a situação, a nossa prioridade é a segurança pública.” O especialista em recuperação da Sunshine Coast, Clayton Towing confirmou que dois de seus funcionários estavam de férias no parque de campismo, quando foram apanhados “no meio do caos”.
Cerca de 140 pessoas foram evacuadas, incluindo várias crianças em idade escolar quando o buraco se abriu no MV Beagle Campground, Inskip Point
“Eles tinham acampado cerca de 200 metros da praia, ao lado da cerca de fronteira do parque de campismo e ouviram um forte barulho como uma tempestade, ‘ Clayton postou no Facebook. “Ao procurar pelo motivo do ruído perceberam que a areia estava desaparecendo rapidamente sendo engolida pelo oceano em uma incrível velocidade.
Não houve feridos e todos tinham sido contabilizados durante a noite, uma porta-voz da polícia  de Queensland confirmou  para Daily Mail Austrália. “Nós já limpamos a área e ninguém foi dado como desaparecido ou ferido. O caso está agora nas mãos do Departamento de Parques Nacionais, Esporte e Racing. ‘
A polícia e as equipes de administração de parques foram chamados para a cena um pouco mais tarde para avisar os mais de 100 campistas para se mudarem imediatamente para outras áreas consideradas seguras.
E já que estamos falando de grandes buracos….
O-POÇO1
Tradução, edição e imagens:  thoth3126@protonmail.ch

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Massiva explosão de meteoro assusta a Dinamarca no sábado à noite e meteoritos caem perto de Copenhagem

Centenas de pessoas em Copenhagen/Dinamarca relataram que o céu, de repente, iluminou-se em torno das 22h08 no sábado 06 de fevereiro de 2016, e que um som forte de explosão, seguido pouco depois, provavelmente causada pela explosão ainda no alto, causou “estrias” de meteoros em todo o céu. O meteoro também foi avistado da Polónia e Suécia.

A matéria completa em inglês você encontra no site:

http://www.sott.net/article/311809-SOTT-Exclusive-Massive-overhead-meteor...